Solidão

Os Valetes

Compositor: Ver Valetes

Na solidão do banheiro
Me bate uma tristeza profunda
Tô descascando uma bronha
Não paro de pensar na Raimunda

A tristeza, a bronha e a Raimunda!

Na solidão do banheiro
Cagar é uma coisa imunda
A merda quando bate na água
A água quando bate na bunda

A merda, a água e a bunda

Na solidão do banheiro
Cada barreada é uma obra de arte
Tô escutando os Valetes
Eu vou limpar a bunda com o encarte

Ô papelzinho ruim!

(Lambuza tudo!)

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital